quarta-feira, 29 de abril de 2009

Amou daquela vez como se fosse a última...


Às vésperas do dia do trabalho, convido à uma reflexão sobre o nosso trabalho de cada dia. O trabalho tem a sua importância, ninguém tem dúvida, mas algumas pessoas acreditam que trabalhar é fazer de uma atividade o máximo, por vezes até à exaustão. São workahollics.

O trabalho deve ser sempre uma atividade prazerosa, como se fosse um hobby remunerado. Há pessoas que usam o trabalho para se esconder. Isso sem dizer das pessoas que não querem mais trabalhar em algum lugar e, ao invés de serem dignos, fazem corpo mole e dizem: me mande embora.

Se alguém não está contente com seu trabalho, peça para sair, esta seria a atitude adulta, nem todos são adultos. A Análise Transacional nos fala em estados de ego pai, adulto e criança. Vale a pena pesquisar um pouco como alguns de nós lidam com a vida, com o trabalho não é diferente.

domingo, 26 de abril de 2009

sábado, 25 de abril de 2009

TDAH

video



TDAH - Transtorno do déficit de Atenção e Hiperatividade - com os Simpsons

Entrevista


video


Entrevista com a dra. Ana Beatriz Silva - psiquiatra, autora do livro "Mentes Inquietas"

Como assim pré-julgar?

video

Muitas vezes na vida ficamos tão preocupados com a aparência que esquecemos da essência!!! Assista e tire suas conclusões.

sexta-feira, 24 de abril de 2009

A dependência tecnológica é muito criticada, mas nenhum de nós hoje consegue viver sem a tecnologia. Aliás, tem muita gente, isso sim, que diz que não precisa... pura hipocrisia. O que vale a pena é cada um perceber se está virando escravo da tecnologia, isso não dá. Tem coisa mais banal e fútil do que as pessoas que vivem para adquirir objetos tecnológicos e mostrar aos outros?
Muita gente acredita que os bens de consumo tecnológicos são uma parafernália que de nada adianda, bobagem! A tecnologia está aí para ser usada. Vamos criticar, mas de maneira adequada, sem detonar o outro.

terça-feira, 21 de abril de 2009


Hoje é um dia especial. Dia de aniversário, meu, é claro! Parei para refletir em como é importante gostarmos de nós mesmos. Parei para observar quantas são as pessoas que têm, efetiva e verdadeiramente, o que comemorar. Eu tenho. Recebi um montão de mensagens de pessoas queridas, ganhei bolo no café da manhã, almocei com pessoas amadas... ganhei presente. Esta é uma das boas partes de fazer aniversário: sentir-se querido e amado.
Assim é que tem que ser. Precisamos nos sentir amados, precisamos nos deixar amar. Muitas pessoas passam por problemas perto do aniversário, chamam de "inferno astral", prefiro pensar que algumas pessoas é que fazem de suas vidas um verdadeiro inferno.
Mas hoje está sendo um dia especial, mais um de tantos quantos vivi, mas hoje está sendo especial. Preciso, como todos, agradecer por mais um dia de vida, mais um ano de existência. Tenho buscado aprender envelhecer, é importante saber envelhecer, o tempo nos faz coisas que nem sempre gostamos, mas é assim para todo mundo. Aprender a envelhecer é uma forma de aceitar o óbvio que a vida nos oferece. Quase meio século, isso é uma delícia! É uma delícia se pudermos acreditar que muito há que aprender. Tem gente que a medida que o tempo passa acredita que tem pouco a aprender, ficam arrogantes; o melhor é acreditar que ainda falta muito, assim podemos nos sentir jovens aprendizes envelhecentes.
Saber envelhecer é algo que nos torna atentos a cada dia, sabendo que há mais vida do que imaginamos, que podemos viver a intensidade de cada dia.
Fazer aniversário deve ser a forma de agradecer a vida por estar vivo e feliz. Ser feliz é algo que só depende daquilo que carregamos dentro de nós mesmos. A felicidade pode ser atemporal, pode durar por toda a existência, mas é preciso acreditar e buscar a felicidade. Refletir no dia do aniversário é uma espécie de balanço suportável para que possamos nos reencantar com a nossa própria vida.
O que é possível é viver cada dia como cada dia pode ser vivido, sem estresse. Nada na vida é tão bom quanto viver, viver feliz, viver com a dignidade de quem acredita que a vida feliz é possível. Deixar de lado a felicidade condicionada, aquela em que as pessoas acreditam que serão felizes quando tal coisa acontecer... Deixa disso! Seja feliz agora mesmo.
Aliás, vivo hoje a experiência da maturidade, o amor da adolescência e a felicidade da criança!

segunda-feira, 20 de abril de 2009


"Los altos cielos que de vuestra divindad divinamente con las estrellas os fortifican, y os hacen merecedora del merecimiento que merece la vuestra grandeza." (Miguel de Cervantes)

Para pensar...


Ninguém muda sem encarar a própria história...

O amor torna inteligente a pessoa que ama, ensina os caminhos...

domingo, 19 de abril de 2009

Assim começa...


E se é para começar, vamos começar bem. Estarei aqui escrevendo sobre as coisas que discutimos lá na rádio, respondendo perguntas, enfim, ampliando as nossas discussões, afinal o Falando Nisso está entrando para seu 4º ano. É bastante tempo!

Então reflita um pouco comigo em quantas vezes você parou para pensar em você no dia de hoje... Se você respondeu que não teve tempo, lembre-se que domingo é dia de lazer, e se você não teve tempo para você, perdeu o domingo e a oportunidade de buscar-se um pouco.

A vida é feita de cada um de nós e, assim sendo, cada um de nós precisa aprender a pensar em si mesmo, amar-se, sem narcisismo, mas amar-se. A melhor atitude é poder ser protagonista da própria história. Tem muita gente que é personagem coadjuvante em sua história.

Pense nisso!